Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cheia

cheia

23
Fev23

A sedutora

cheia

Lisboa! A sedutora

 

18

O irmão mais novo do patrão também não resistiu à sedução da linda Lisboa, deixou o Alentejo, a mulher e a filha, para ir trabalhar com os irmãos, reunidos de novo, como na juventude, agora, para trabalharem todos nos tapetes  

Em casa do caixeiro-viajante, que vendia as peças de cairo, fabricadas em Cortegaça, vivia, também, uma sobrinha, não tinham filhos

Tinha menos um ano que o empregado, estava sempre pronta para ir entregar os tapetes feitos pela tia e levar novos tapetes para ela fazer

Estava apaixonada por ele, mas vendo que não era correspondida, um dia agarrou-se a ele

e  beijou-o, foi um momento muito triste, teve de lhe dizer que tinha uma namorada e que em breve se iriam casar

Teve muita pena dela, por ver que era mais uma jovem, a viver com os tios, sem perspetivas de futuro, de vida, “presa num rés-do-hão” à espera de um coração, que a libertasse, que lhe desse asas para viver, ter uma família, ter filhos …..

Tinha de continuar a estudar, foi matricular-se para o novo ano escolar, na mesma Escola

Quando foi da apresentação havia uma nova cara, tinham um novo professor de matemática, um militar, juiz do tribunal militar, muito preocupado com a grande percentagem de analfabetos

Disse que a televisão poderia ser utilizada para alfabetizar, em massa, mas que ninguém fazia nada

Estava muito empenhado em que tivessem bons resultados. Por isso, estava disponível todos os sábados à tarde e domingos das 9 às 12 horas, para tirar todas as dúvidas a quem quisesse e pudesse comparecer

Dizia que a matemática não era nenhum bicho-de-sete cabeças, e que as expressões algébricas, que ocupavam todo o quadro preto, não passavam de somas, subtrações, multiplicações e divisões

No dia em que foi fazer a prova escrita de matemática as carteiras tinham panfletos a anunciarem o início do ensino de uma nova matemática, quem estivesse interessado, no ato da matricula do novo ano escolar, deveria dizer que queria frequentar as aulas da nova matemática

Aquando da inscrição para fazer, novamente, o exame do primeiro ciclo. Dirigiu-se ao Liceu Passos Manuel, onde já tinha o processo do ano anterior

Passados alguns dias tinha de ir confirmar em que Liceu é que estava colocado, porque nem sempre ficavam colocados nos Liceus onde se inscreviam

Tinha sido transferido para o Liceu  Camões, considerado o Liceu mais exigente de Lisboa.

 

 

 Continua

 

24
Out20

A cidadania

cheia

A cidadania

A França reagiu à altura ao condecorar o professor, que foi degolado por lecionar a disciplina de cidadania

É preciso que os que defendem os valore da República: igualdade, fraternidade, liberdade

não se deixem intimidar por os que não defendem estes valores, querendo impor, a todos, os seus valores

As religiões, as ceitas, as igrejas não podem querer que a Escola Pública, ensine, apenas, os seus valores e a sua visão de cidadania

A Escola Pública tem a obrigação de ensinar, a todos, que ninguém nos pode tirar o direito de nos exprimirmos em liberdade, mesmo que alguns não gostem do modo como o fazemos

Por que razão alguns pais não querem que os filhos assistam à disciplina de cidadania?

Será que não querem que, aos seus filhos, seja ensinado que todos somos iguais perante a lei, sejamos brancos, verdes, azuis, vermelhos, pretos, ciganos, alentejanos ………….!

Antes da implantação da República é que os estudantes, que quisessem ir para a Universidade, tinham de assinar uma declaração em como eram católicos

Foi para que todos tivessem direito à educação, à liberdade………, que os republicanos se bateram, morreram, e não foi só aquando da implantação, nos anos seguintes, alguns morreram, porque não tinham emprego, e recusavam-se a viver à mesa do Orçamento, contra o que tinham lutado, acabando por morrerem de fome, na miséria

Aqui, bem perto de mim, há uma Escola, quase centenária que, foi Primária, atualmente Jardim de Infância, tem na fachada, em letras grandes: Escola Pública

Só com a criação da Escola Pública, todos passaram a ter direito à educação, mas levou quase meio século até que chegasse a todos

Antes, só tinha acesso à educação os que, a administravam, quisessem

Também não existia o Registo Civil, eram os padres que, nos Batismos, elaboravam o registo de nascimento.  

 

José Silva Costa

 

 

 

  

06
Out18

Concursos

cheia

Professores

Para ser professor, devia ser exigido um pouco de cultura geral

Num concurso, na RTP1, um professor de geometria descritiva não conseguiu dizer o que era um bando

Quanto a uma manada, alvitrou ovelhas

Não conseguiu ganhar três mil euros, porque não sabia, em quatro hipóteses, quantos litros tem um metro cúbico!

Há dias, penso que foi o senhor Ministro do Ambiente que sugeriu que a faturação do consumo de água passa-se a ser emitida em litros, em vez de metros cúbicos

Senhores Presidentes de Câmara, alterem, quanto antes, a faturação do consumo de água, para que todos tenham a noção dos litros de água, que consomem por mês, já que em metros cúbicos, nem todos se aperceberão da quantidade de água que consomem.

 O ambiente agradece.

José Silva Costa

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2009
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2008
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2007
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub