Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cheia

cheia

08
Set20

Sintra

cheia

Sintra

 

Minha romântica Sintra

Estás mais bela que nunca

O Covid-19 afastou de ti a multidão

Que por todo o lado, tudo atravancava

Há muito que não te beijava

Quem é que a ti chegava!

Estás mais radiosa

Com essa cabeleira airosa

A emoldurar o Palácio da Pena

Vestida com encantadores palácios e jardins

Com recônditos recantos

Onde rainhas e princesas beijavam a lua, a ver o mar

Os sonhos e os aís inundavam os ares

O perfume dos pomares

Inebriava todos os olhares

Ao rio caíram, da rainha, os colares

Nasceu uma nova vila, que já foi sede de Concelho

Perdeste a vergonha, já não te importas de mostrar o joelho

Nas tuas praias banha-se o mundo inteiro

E, tu, de vez em quando, escondes-te por detrás do nevoeiro

Jogando às escondidas, como faziam as princesas e rainhas

Faz parte do romantismo

De quem és a última rainha

Fazendo com que os namorados, não te vendo o rosto, fiquem baralhados

Estou, contigo, cada vez, mais encantado.

 

José Silva Costa

 

 

 

 

 

 

 

 

15
Nov19

Convite!

cheia

https://liberdadeaos42.blogs.sapo.pt Convite!

Hoje, a convite da MJL Liberdade aos 42, saí de casa, rumei ao Sul, passei pela minha terra, atravessei o Vascão, estou no Algarve, nas praias, onde o país passa férias

Um convite que muito me honra e muito agradeço. Escrever, num espaço tão acarinhado e visitado, é uma grande responsabilidade, ainda, por cima, sobre o que durante muitos anos não tivemos: a Liberdade

Não deixem de passar pelos espaços da MJP Liberdade aos 42 e Na Sombra da Luz, para se deliciarem com os seus excelentes textos e admirarem as fotografias, cuja beleza nos transporta, para outros horizontes.

 

Muito obrigado por tão honroso convite.

 

16
Abr18

Prémio indesejado

cheia

Prémio indesejado

 

Portugal foi premiado

Com um prémio indesejado

Por autorizar, petróleo, prospetar

Em terra, nas praias, no mar

Para os turistas bronzear

Ninguém vai querer, noutras praias, banhar

Sol, mar e areias com petróleo, para untar

Quem é que quer, o perfume do petróleo, perder?

Praias suficientes, não vamos ter

Onde as pessoas, o petróleo, possam beber

A maravilha, que Portugal tem, para lhes oferecer

Nos mares fomos pioneiros

Na prospeção de petróleo, derradeiros!

 

 

 

José Silva Costa

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D