Sábado, 28 de Janeiro de 2017

Olhos!

No encanto da tua beleza

Vivem meus olhos, na certeza

De que um dia, os teus farão a fineza

De ver a minha natureza

 

Em cada dia, no teu compassado passo

Com os olhos te abraço

Mas tu não sonhas, que o faço

Fico feliz e não te maço!

 

Vivo na esperança de um enlaço

À procura de um espaço

Em que os nossos olhos façam um laço

E que nunca mais o desfaçam

 

Não te consigo interpelar, porque as palavras podem assustar-te

Tenho receio de perder-te

Como é que vou fazer, para dizer-te?

Que vivo, para ver-te.

 

 

 

José Silva Costa

 

tags:
publicado por cheia às 21:14
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito (1)

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Olhos!

.arquivos

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Lost in... no Alentejo

. Vamos ver o pôr do sol ao...

. "Attero": O desperdício, ...

. Pois.

. muffins aveia e especiari...

. Ilusão

. A Galinha Patareca e o Re...

. há cada uma #5

. Ainda que...

. Do Park Güell ao Cosmopol...

blogs SAPO

.subscrever feeds