Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cheia

cheia

15
Dez22

A sedutora

cheia

Lisboa! A sedutora

8

Com a Revolução de 25 de Abril de 1974, o País abriu as fronteiras e teve de se adaptar à concorrência

Hoje, a etiqueta “ fabricado em Portugal” é reconhecida e apreciada por nacionais e estrangeiros

A Educação é o motor para o desenvolvimento da Nação. Mas, infelizmente, nem todos os Governantes têm sensibilidade e sabedoria para investirem e escolherem Ministros capazes de fazerem avançar o País, para não falar da escolha dos amigos, incompetentes

O Professor Veiga Simão, em 1970, foi nomeado Ministro da Educação Nacional, pelo Professor Marcelo Caetano

Defensor da democratização do Ensino, fez uma das mais importantes reformas, que ainda hoje dá frutos

Foi responsável pela criação das Universidades Nova de Lisboa, do Minho e de Aveiro, e do  Instituto Universitário de Évora

Uma das medidas que mais beneficiou os mais desfavorecidos, estudantes trabalhadores, foi a possibilidade de se fazer o segundo ciclo liceal, por disciplina, em vez da obrigação de o fazer por secção (secção de letras ou de ciências) a partir dos dezoito anos, candidatando-se a exame, como alunos externos

O Ensino Liceal constava de três ciclos. Para o primeiro ciclo liceal, o primeiro e segundo anos, terceiro, quarto e quinto, anos para o segundo ciclo, sexto e sétimo, anos para o terceiro ciclo

Fazer os três anos por disciplinas, em vez de ter de fazer todas as disciplinas em simultâneo, fez com que muitos rapazes conseguissem completar o Ensino Liceal, dando-lhes acessos à classe de Oficiais, ingressando no curso de Oficiais Milicianos, para cumprirem o serviço militar obrigatório

Diz-se que esta alteração, no ensino secundário, fez com que os filhos dos pobres, também, tenham contribuído para o Movimento das Forças Armadas, que derrubou a ditadura, na madrugada do 25 de abril de 1974

Por volta dos meados da década de sessenta, o Exército passou a exigir o segundo ciclo liceal, para a frequência do curso de Sargentos Milicianos, porque já tinham candidatos suficientes com o segundo ciclo liceal

Por toda a Lisboa havia Colégios e Centros de Ensino de Línguas, e os alunos das Universidades davam explicações aos do Ensino Liceal

Fosse porque a guerra despertou, nos rapazes, a vontade de cumprirem o serviço militar como oficiais ou sargentos, em vez de praças, fosse porque a vida de caixeiro era muito dura, todo o dia de pé, com horários de trabalho de oito horas, só para inglês ver, porque esses horários não eram cumpridos

Na década de sessenta, os Colégios, os Centros de Línguas e as explicadoras e explicadores tiveram uma grande procura

A ambição era saltar do balcão para o escritório. Mas, para isso, era preciso ter o segundo ciclo liceal.

Continua

 

 

 

23
Mai22

A incerteza (8)

cheia

A incerteza (8)

 

O ajuste direto, um expediente muito usado, para negociar com correligionários e até adversários, com a possibilidade de escolherem a quem querem entregar o contrato, sem a burocracia de um concurso público, onde é mais difícil escolher o vencedor

Para gerir o muito dinheiro que vamos receber da UE, o Governo criou o Banco Português de Fomento, não sei se por não haver cofres suficientes nos outros Bancos, ou se era preciso criar empregos para os amigos

O Banco Português de Fomento adjudicou por ajuste direto um contrato de assessoria jurídica, no valor de 100 mil euros, ao escritório Sousa Pinheiro & Montenegro

Um Banco criado em novembro de 2020, com um capital de 3.811 milhões. Já recebeu mais 250 milhões do Fundo de Recuperação e Resiliência

Com tanto dinheiro para contar e armazenar, ainda não conseguiu fechar as contas de 2020 e 2021. Se calhar precisa de muitos mais funcionários!  

Voltámos aos gloriosos tempos de antes da TRIOCA, já temos 741.288 Funcionários Públicos

O Governador do Banco de Portugal disse que o aumento de funcionários públicos pode pôr em causa a redução da dívida pública, tão necessária, quando os juros não param de subir

Portugal continua a ser um dos países mais endividado da UE. Mas, o novo Ministro das finanças diz que reduzir a divida é uma prioridade, vamos ver se vai acontecer

António Almeida Costa, de 66 anos, será a escolha dos cincos juízes do Tribunal Constitucional indicados pelo PSD

As juízas opõem-se à ida de um magistrado antiaborto para o Tribunal Constitucional

A Associação Portuguesa de Mulheres juristas recorda um artigo, do juiz, publicado em dezembro de 1984, na revista da Ordem dos Advogados, no qual manifesta posições contrárias ao aborto

António Almeida Costa diz que as mulheres não devem ter direito ao aborto, caso este aconteça na sequência de uma violação, baseando-se em experiências realizadas em campos de concentração do Holocausto, que concluíram que as mulheres raramente engravidam na sequência de uma violação

A esperança é de que não obtenha a concordância de sete juízes, condição indispensável para ser cooptado.

Continua

 

21
Out21

Alcoolismo

cheia

Violência

Tempos de violência

Será que alguns jovens pensam!

Têm consciência do valor da vida?

Duvido!

Quando velhos e novos se ajoelham

Em todo o Mundo

A um jogo de extrema violência

Como sendo a melhor coisa do mundo

Há qualquer coisa de errado

Quando os pais se desresponsabilizam de o serem

Para se portarem como se fossem da idade dos filhos

Fazendo concorrência aos amigos deles

Como se não tivessem a obrigação de os educarem

De lhes darem bons exemplos

Como é que um bêbado pode dizer ao filho, para não beber!

Fechamos os olhos, não queremos ver, nem saber

Das multidões de adolescente a embebedarem-se, nas ruas

Não basta proibir a venda de álcool a menores

É preciso que, pelo menos, na via pública, não o bebam

É preciso acabar com os patrocínios, generosos e desinteressados

De produtores, fabricantes e distribuidores de bebidas alcoólicas

Às atividades desportivas das crianças e jovens

Somos um grande produtor de bebidas alcoólicas!

Mas, não podemos continuar a ser um país de alcoólicos

Temos de tudo fazer para que os menores não ingiram bebidas alcoólicas

Para bem da sua saúde!

O alcoolismo é uma doença terríbil, a que todos fecham os olhos.

 

José Silva Costa

 

31
Jul20

Concursos!

cheia

“ Quem se mete com o PS., leva”

 

No concurso internacional, uma procuradora ficou em primeiro lugar

Para na União Europeia ocupar um lugar

Na Procuradoria Europeia

Mas, o Governo indicou o que ficou em segundo lugar

Dizendo que no concurso nacional a procuradora ficou em último lugar

Que raio de concursos, onde há tantas disparidades de avaliação!

Ela liderou a investigação ao Ministério da Administração Interna

Ele trabalhou com a Ministra da Justiça

Podemos receber rios de dinheiro

Mas se não tivermos uma Administração Pública eficiente e independente

Não servirá para nada

Nem conseguiremos aprovar os projetos, para recebermos o dinheiro

Quanto mais executá-los

Enquanto os Governantes não forem capazes de olharem para as qualificações, em vez dos cartões, não teremos uma Administração Pública eficiente e insubmissa

Capaz de resistir às mudanças de Governo

Bem servir o cidadão, sem medo de demissão

 

 

José Silva Costa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

25
Mai20

Rumo ao Norte

cheia

Convite

 

Hoje, estou na casa do amigo C. C. Se gostam de mar, não deixem de lá passar, se não gostam também o devem fazer. É um amigo, que todos devem conhecer

Agradeço o teu convite, para conhecer o teu o acolhedor espaço, muito visitado e comentado.

O que me permitiu ir até ao Norte, sempre pela beira-mar, tendo podido visitar as maravilhosas praias do Atlântico, que este ano estão ainda mais belas:  todas desinfetadas, perfumadas, com cheiro a álcool e gel, nunca estiveram tão limpinhas, nem com águas tão límpidas!

Estavam cheias, mas todos às distâncias recomendadas, o que prova que estávamos com atenção, quando elogiaram os nossos comportamentos, mas também nos ameaçaram, caso não cumpramos o estipulado, fecham as praias.

Alguns esqueceram-se de que é proibido jogar nas praias, e outros ainda distribuíam música a metro, o que só podem fazer por mais uns dias, enquanto a época balnear não abrir oficialmente

Temos de nos habituar aos novos tempos. Fazer das praias lugares seguros

Se antes nos tínhamos de preocupar por causa dos afogamentos

Agora, temos de nos preocupar, também, com os afastamentos.

 

José Silva Costa

 

 

 

05
Nov19

A Comunicação Social!

cheia

A força da Liberdade!

 

Numa democracia, a liberdade de imprensa é tão ou mais importante que os Partidos Políticos

O lixo sempre foi um grande negócio, seja em Portugal, na Itália, ou em qualquer parte do mundo

O Governo entregou a exploração do lixo da bio reciclagem, à Mota-Engil, sem concurso público

Por uma portaria, onde a Entidade Reguladora não foi tida nem achada

Pondo em causa a viabilidade de muitas empresas!

A jornalista Fátima Felgueiras, no programa Sexta às Nove, da TRP 1, procurou esclarecer o que se tinha passado

Graças à sua intervenção e à divulgação, num grande meio de comunicação, o problema foi comunicado à Procuradoria-Geral da República, fazendo com que o Governo tenha revertido a situação!

Quem não deu por nada foram os que deviam fiscalizar o Governo: os Paridos da oposição

Depois, admiram-se que apareçam novos Partidos Políticos!

Se os velhos estão cansados, ou só já se representam a si e aos amigos

Outros tentam ocupar o vazio!

Quem já se pôs em bicos de pés, foi o Bloco de Esquerda

Quer, com urgência, no Parlamento, ouvir o Ministro do ambiente

Não há nada, como não estar dependente

Como gostava que todos fossem Gente!

 

José Silva Costa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                              

 

06
Dez18

Jardins

cheia

Jardins

Num mar de flores floridas

Tantas coisas perdidas

Os amigos, que partiram

As abelhas entretidas

Não deram pela falta dos meus amigos

Continuam, todos os dias, a cumprimentar as flores

Todos os dias volto ao jardim

Mas não tenho ninguém para cumprimentar

As flores não me entendem!

Só gostam que as abelhas as cumprimentem

Contento me com o seu perfume

Passo o tempo a ver o trabalho das abelhas

Não trabalho, nem falo

Volto, mudo e calado

No jardim, já ninguém joga às cartas

Estou cada vez mais cansado

Mas não deixarei de ir, todos os dias

Ao jardim perfumado.

José Silva Costa

 

 

15
Abr16

Ajuste direto

cheia

Por que razão não acabam, de vez, com o ajuste direto?

Porque é uma maneira de favorecerem os amigos e, em certos casos, até os inimigos: dá para todos.

Tal como as leis para prevenir a corrupção, que, muito trabalho dá a polícias, advogados e juízes.

De, quando em vez muito badaladas, mas que nunca conseguiram ser aprovadas!

Quem faz e aprova leis, ia-se incriminar?

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2011
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2010
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2009
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2008
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2007
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub