Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

cheia

cheia

01
Jun18

O que dá prestígio é ter filhos

cheia

Dia Internacional da Criança

 

O que dá prestígio é ter filhos

No Reino da Dinamarca, onde as pessoas estão uns pontos à frente, ter filhos é prestigiante

Não é ter uma mansão de um milhão de euros, ou um carro de quinhentos mil euros, que a sociedade reconhece, mas fazer-se acompanhar dos filhos

Até as diretoras ou diretores de empresas não marcam reuniões ou entrevistas, para dias e horas a que tenham de ir buscar os filhos à escola, ou levá-los a qualquer outro lado

As crianças desde muito cedo que são chamadas a colaborarem nas tarefas domésticas

Aos onze ou doze anos começam a aprender a cozinhar para, uma ou mais vezes por semana, proporcionarem um miminho aos pais, fazendo-lhes o jantar

Muitas crianças acabam por se sentir orgulhosas do desempenho dessas tarefas

Na República Portuguesa, poucas crianças se aproximam dos tachos, podem queimar-se

ÀS nossas crianças só pedimos que estudem, porque achamos que não conseguem fazer outras tarefas

Depois, assistimos a tristes figuras, como aconteceu, esta semana, num concurso da RTP1

Em que foi mostrada, aos concorrentes, uma imagem de carapaus, dizendo-lhes o nome científico daquele peixe, depois foram-lhes dadas quatro hipóteses para dizerem o nome vulgar, pelo qual é conhecido

: sardinhas, carapaus, fanecas, salmonetes

Os concorrentes eram um homem e uma mulher, um disse fanecas, o outro, salmonetes

Ficaram tão envergonhados, que ela sentiu necessidade de revelar que era vegetariana

Uma figura política, muito conhecida, foi abordada por um amigo, num supermercado, no Algarve, onde estavam de férias, com uma melancia na mão, tendo dito para o amigo:” a minha companheira pediu-me para vir buscar um melão”.

Para que amanhã haja uma melhor distribuição das tarefas doméstica, entre homens e mulheres, é preciso que os pais ensinem hoje, os filhos e as filhas a participarem em todas as tarefas domésticas, para que todos tenham mais tempo para viver

Felizmente, vai acabando o clássico de o homem chegar a casa com o jornal debaixo do braço, ligar a televisão, sentar-se no sofá, cruzar as pernas e gritar para a mulher:” trás me uma cerveja”

Hoje, vamos ensinar às nossas crianças que comemorar o Dia Mundial da Criança, com balões, provoca muita poluição.

 

José Silva Costa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

10 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D