Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

cheia

cheia

01
Jan18

Contra a corrente!

cheia

Contra a corrente!

 

 

Mais um Ano!

Nada melhor para o receber do que barulho, destruição, poluição, fogo-de-artifício

Tanto dinheiro queimado, em todo o Mundo, para tentar esconder, o seu estado!

Recordes e mais recordes de destruição e poluição

Toneladas, muitas toneladas, cada ano mais toneladas, de fogo-de-artifício rebentado

As multidões aplaudem, embasbacadas, ao desaparecimento, de tanto milhão, em poucos minutos, queimado

A manutenção desta tradição (aberração) é tão grave, que já teve de ser proibida em algumas cidades, porque não suportam mais poluição

Este jovem século, que acaba de atingir a maioridade, já rebentou com seculares tradições:

As touradas, o trabalho dos animais nos circos, a obrigatoriedade de, todos, fumarmos nos transportes públicos, nos espaços públicos, fechados, sem que o desejássemos, matar muitos pinheiros naturais, para os enfeitarmos de árvore Natal

Coisas impensáveis, no século passado!

Fomos, tantas vezes, acusados de estarmos no lado errado

Mas com muita determinação, o caminho tem sido andado

Quero saudar a entrada hoje em vigor da proibição de fumar, em locais públicos e privados de utilidade pública, onde estiverem menores

Para recebermos o ano novo não precisamos de derreter milhões de euros, sem sentido

Basta-nos a música, a confraternização, a alegria, a amizade, a solidariedade, com o álcool, um pouco de juízo!

 

Penamacor

 

Esta bonita Vila tem baseado a sua atração, no madeiro de Natal

Mas, tudo o que é demais não presta

Todos os anos, queimar toneladas e toneladas de madeira, sem qualquer utilidade, nem sentido, não deve ser a melhor maneira de o fazer

Mais uma vez por causa dos recordes!

Tal é o exagero, que os Bombeiros têm de estar presentes, não vá uma tragédia acontecer!

Queimar muitas toneladas de árvores em poucas horas, pode ser um pouco de vaidade

Mas, criá-las, leva um pouco de mais tempo. E, não vejo tantos entusiastas a aplaudirem o evento.

Bom Ano

 

José Silva Costa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    cheia 01.01.2018

    Que iguarias tão apreciadas
    Chouriças assadas
    Quando do Madeiro se podiam aproximar
    Um copo de medronho
    Para as gargantas afinar
    Para um desgarrada
    Em que qualquer um podia entrar!

    !
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D