Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

cheia

cheia

03
Fev17

As crianças!

cheia

As crianças!

 

Hoje, tiram os filhos aos pais, por dá cá aquela palha!

Muitas vezes, com base em relatórios feitos por técnicos da Segurança Social, sabe-se lá, a troco de quê!

Têm de acabar com este terror, que todos os dias, todos os pais enfrentam.

Tirar os filhos aos pais, quantas vezes sem qualquer justificação, é um crime horrendo

Muito poucos pais tratam mal os filhos, a não ser por motivos de doença, droga ou desespero

Em condições normais, ninguém cuida melhor das crianças, que os seus pais!

Por que razão não atuam na prevenção, fiscalizando e ajudando os pais das crianças referenciadas, como estando em risco?

Não o fazem, porque dá trabalho, exige dedicação, conhecimentos e muita sensibilidade

Preferem arrancar os filhos aos pais, separarem os irmãos, privando-os do convívio dos pais, irmãos, avós, etc.

Sabem avaliar o desespero que é, roubarem os filhos aos pais e, muitas vezes, nem sequer permitirem que os vejam?

Não deveria ser permitido retirar as crianças aos familiares, sem um prévio acompanhamento, aconselhamento e ajuda, para tentarem compreender qual a melhor solução, sendo a retirada a última opção.

 

 José Silva Costa

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub