Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

A ver o mar

O olhar

 

 

No brilho dos teus olhos,repouso o meu olhar

Ah, como é lindo esse brilho espelhado no mar!

Quando o tento apanhar fica ainda mais espetacular

Não! Ninguém o consegue agarrar, anda sempre a passear

Como conseguirei prender a magia do teu olhar?

Se ele não para, não quere prisões, quer ser livre, como o vento

O que poderei fazer para o conquistar?

Se é tão fugidio, tão esguio, tão frio, de uma cor, que mais ninguém viu

Só eu consigo ver a cor do brilho do teu olhar

Só eu o poderia amar e beijar

Mais ninguém o consegue enxergar

Se um dia os nossos olhares se cruzarem

Compreenderás quanto te quero amar

Prender, para sempre, o brilho do teu olhar.

 

José Silva Costa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

tags:
publicado por cheia às 21:38
link do post | comentar | favorito (4)
15 comentários:
De Carlos a 24 de Fevereiro de 2018 às 22:37
Tão belo e romântico!
Momento de pura poesia em vão ou fruto de um grande amor?
Grande abraço.


De cheia a 24 de Fevereiro de 2018 às 22:45
Fruto de um grande amor.

Aquele abraço


De Carlos a 26 de Fevereiro de 2018 às 10:42
Boa semana!
Abraço.


De cheia a 26 de Fevereiro de 2018 às 11:50
Muito obrigado. Boa semana, também.

Um abraço.


De C.S. a 25 de Fevereiro de 2018 às 00:35
Que bonito! Gostei muito de ler.


De cheia a 25 de Fevereiro de 2018 às 08:52
Muito obrigado. Um bom domingo.


De omeumaiorsonho a 25 de Fevereiro de 2018 às 18:26
Parabéns pelo lido poema!!


De Anónimo a 25 de Fevereiro de 2018 às 18:31
Muito obrigado. Uma boa semana.


De cheia a 25 de Fevereiro de 2018 às 18:37
Muito obrigado. Uma boa semana


De HD a 25 de Fevereiro de 2018 às 18:49
Um brilho único e ímpar... :-)
Bonito poema!


De cheia a 25 de Fevereiro de 2018 às 20:14
Sem dúvida! Não há outro igual.


De jabeiteslp a 27 de Fevereiro de 2018 às 12:15
É quase Primavera
e os amores soltam-se, Hé hé hé

Boa Semana Amigo


De cheia a 27 de Fevereiro de 2018 às 19:12
A primavera acabou
Agora temos o inverno
Que chova até apagar o inferno
Depois temos muito tempo para namorar
Quando a primavera voltar.

Uma boa semana, também, para o Amigo


De O ultimo fecha a porta a 27 de Fevereiro de 2018 às 23:58
Declaração muito bonita e sentida!


De cheia a 28 de Fevereiro de 2018 às 18:45
Muito obrigado.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Romantismo

. As Mães

. Tudo o que nos torne dign...

. Abril

. Prémio indesejado

. Avós

. O centenário

. Individualismo

. Primavera

. Fabricantes de impostos!

.arquivos

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Lost in... no Alentejo

. Vamos ver o pôr do sol ao...

. "Attero": O desperdício, ...

. Pois.

. muffins aveia e especiari...

. Ilusão

. A Galinha Patareca e o Re...

. há cada uma #5

. Ainda que...

. Do Park Güell ao Cosmopol...

blogs SAPO

.subscrever feeds