Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

cheia

cheia

24
Jun07

Mãe

cheia

Três letras doces

Tão doces, tão doces como o amor

Mas, como a minha mãe não há outra igual

Porque é a minha mãe

A quem recorro todos os dias

Nas horas de alegria e de horror.

A minha mãe criou os filhos na dor,

Com o brilho dos olhos, e as mãos cheias de amor.

Sustentou-os com as lágrimas do coração

Na falta de pão beijava-os até adormecerem.

No Inverno, nas noites escuras de frio, fiava o linho

Com os mesmos  rubros lábios, com que nutria os filhos,

Humedecia o áspero linho, quando este passava da roca

Para o fuso, transformado em fio.

Na Primavera lançava o sacho à terra,

Era tempo de mondar o trigo, arrancando erva.

O calor do Verão amadurecia o pão,

Colhê-lo exigia esforço até à exaustão:

Durante o dia,  a calma, os corpos cozia

Há noite, ao luar, ceifava até o corpo aguentar

Quando as pernas já  lhe não obedeciam

Sentava-se num molho de trigo

E dava de mamar ao filho ou à filha.

Aí, minha mãe, quanto sofreste

Para que eu não perecesse, e crescesse?

Aí, minha mãe, por mais que viva não esquecerei

O teu perfume, o baloiçar do teu colo, o gosto do teu leite.

Mãe, nas tuas muitas e dolorosas Primaveras

Quanto desejava que fosses eterna

Para poder, sempre, contar com a tua compreensão

Nas minhas dolorosas horas de aflição.

 

 

José Silva Costa  

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D