Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cheia

cheia

30
Mai24

O Império

cheia

O Império  -  As teias que o Império teceu

62

 

A Marina, a filha mais nova do Governador, era uma rapariga muito inteligente, frequentava uma escola, onde estudavam os filhos da elite de Luanda

Sonhava ir estudar para a Universidade de Coimbra, mas não queria ir sozinha. Assim, o seu plano era ir com o namorado, para a Metrópole

Dias depois, o pai pediu-lhe para levar, lá a casa, o namorado, queria conhecê-lo e fazer-lhe algumas perguntas

Ficou muito contente, sabia que o namorado iria impressionar o seu pai

O Governador perguntou-lhe por que razão estava apaixonado pela sua filha

Roberto respondeu-lhe que estava apaixonado pela Marina, por ser uma rapariga muito bonita e muito inteligente

Depois, quis saber o que fazia ou o que queria fazer, o jovem disse-lhe que ainda não trabalhava, que queria estudar, que a Marina o estava a ensinar a ler e escrever

É ótimo, que queiras saber ler e escrever, respondeu o pai da jovem, porque eu não quero genros, que sejam analfabetos

Mas, para aprenderes mais depressa, vais para a escola onde anda a Marina, espero que sejas um bom aluno

Roberto respondeu-lhe que faria tudo, para muito aprender e o surpreender

A Rosinha estava muito contente e orgulhosa do seu filho, seria o primeiro a aprender a ler e escrever, mas receava que aquele namorico não desse certo

A Marina ficou muito contente com a decisão pai. Dali em diante os dois, na escola, iriam tentar aprender, o mais rápido possível, tudo o que conseguissem, para realizarem o seu sonho: irem para a Universidade de Coimbra estudar

O Roberto queria conhecer Lisboa, a cidade do seu pai e dos seus tios, capital do maior Império Colonial, tentar saber mais desse povo, que se espalhou por todo o mundo, que se misturou com todos os povos, como foi o caso do seu pai, que se apaixonou por uma  jovem Angolana, no regresso de uma viagem ao Oriente, decidiu ficar em Luanda, procurar uma companheira, iniciar uma nova vida, na maior Colónia portuguesa de África

 Com o nascimento da Eliane, também a Miquelina e o Ezequiel foram passando as suas responsabilidades, na Cooperativa, à Milay e ao Zacarias, para se dedicarem de corpo e alma à neta

Assim, os dirigentes passavam a ser: a Leopoldina, o Jeremias, a Milay e o Zacarias

A pouco-e-pouco os jovens iam assumindo as responsabilidades de continuarem o trabalho dos pais

Na Cooperativa todos comentavam o namoro do Roberto, com a filha do Governador, e ter conseguido ir para a escola dela.

Continua

 

23
Mai24

O Império

cheia

O Império – As teias que o Império teceu

 

61

Três dias depois do funeral do Januário, a Milay, para o contentamento de toda a família, ajudando, também, a dissipar parte da tristeza causada pela morte do Januário, deu à luz a Eliane

Todos ficaram muito contentes com a chegada da Eliane, os pais, os avós e restante família. Mas, o desaparecimento do Januário continuaria, por muito tempo, a fazer com que a família não superasse a tristeza provocada pela falta do seu mais destacado elemento que, sempre, se preocupou com os escravos, fazendo com que fosse um grande humanista

Com a chegada da Eliane, também a Miquelina e o Ezequiel delegaram os seus compromissos, com a cooperativa, nos filhos, o Zacarias e a Milay, para se puderem dicar à neta, queriam aproveitar todo o tempo que fosse possível, para verem crescer a Eliane

O grande sonho da Rosinha, do Ezequiel e da Miquelina era que as netas aprendessem a ler. Mas não conseguiam prever quando abriria a primeira escola em Angola       

 

De 1575 a 1759, o que interessava era desconstruir a cultura nativa por meio da doutrina cristã, que começava a ser ensinada na catequese, num sentido de missão civilizadora

Esta missão foi confiada, inicialmente, aos “ Religiosos da Companhia de Jesus”, através de uma provisão régia do Príncipe D. Pedro, em nome do rei D. João VI, depois aos capuchinhos italianos e posteriormente a outras missões católicas (Neto M.B., 2005)

O princípio fundamental da doutrina católica em África, enquanto parceiro do Estado português autorizado para levar avante a tarefa de civilizar os nativos, era o de converter os nativos à fé cristã e não de educá-los e formá-los no sentido restrito das palavras

Segundo Neto (2010, a primeira escola fundada pelos jesuítas data de 1491 e obedecia ao plano de estudos de português. Seguiram-se as escolas-capelas, onde era ensinada a envangelização, fé e dogma

Estes princípios eram materializados por meio de um aparelho ideológico e teológico sustentado pela coroa portuguesa que, em última análise, patrocinava e ditava a filosofia de atuação

Só com a reforma do ensino, feita por Marquês de Pombal, é que os que queriam aprender a ler e escrever, terão tido essa oportunidade

O Roberto, irmão da Leopoldina, não quis ir trabalhar para a cooperativa, não queria saber do trabalho no campo, ambicionava saber ler, ser político, estudar em Coimbra: tudo menos ficar confinado ao campo e a Angola

Travou conhecimento com uma das seis filhas do Governador, apaixonaram-se um pelo outro

O Governador, quando soube do namorico, quis que a filha acabasse com ele. Mas, esta disse-lhe, que gostava muito dele e que preferia morrer a perdê-lo

O Governador vivia muito triste por não ter um filho. Com seis filhas, sem candidatos, na sua opinião, com qualidades para casarem com as suas filhas, prometeu-lhe pensar no assunto, e em breve dar-lhe-ia uma resposta. 

Continua    

 

 

16
Mai24

O Império

cheia

O Império  -  As teias que o Império teceu

 

60

 

Quando teve alta, o genial Maciel, seguiu para a fortaleza de Massangano, onde antes estiveram a Rosinha, o Januário, a Miquelina e o Ezequiel, quando a fortaleza foi capital de Angola, na sequência da ocupação da cidade, pelos holandeses

Foi solto para lutar pela sobrevivência. Tornou-se representante comercial dos negociantes de Luanda

 

Os pais e a avó disseram-lhe que o avô talvez já não se levantasse, ficou muito triste, chorou muito, quis ir vê-lo, eles disseram-lhe que fosse, que a acompanhavam, já estava em coma,  queria falar com ele, não parava de chorar, os familiares disseram – lhe que era melhor deixá-lo descansar. Mas, ela chorava e dizia que não queria que ele morresse

A mãe agarrou-se a ela, beijou-a, apertou-a contra ela, dizendo-lhe que tudo o que nascia morria, já sabia que os animais morriam, compreendeu que isso, também, acontecia às pessoas.

Em 1797, o novo Governador de Angola, D. Miguel António de Melo atestou, em ofício enviado para o Ministro do Ultramar, em Lisboa, que o Maciel  ganhava a vida como vendedor de panos no sertão

Em 1799 recebeu,  do Governador, uma licença para levar um carregamento à feira de Cassange, e encarregou-o da missão de verificar a existência de riquezas minerais, pelos sertões de Angola

Em Cathari montou uma pequena siderurgia, que produzia alguns ferros, com improvisação e o auxílio de cento e trinta e quatro negros

Em 1800 enviou um relatório, ao Governador, sobre o seu trabalho e as dificuldades que enfrentava por não encontrar oficiais de mecânica, carpinteiros e ferreiros, solicitando que estes profissionais lhe fossem enviados do Brasil

O Governador, assim que recebeu a resposta da Corte, chamou o Maciel e leu-lhe os elogios, que o Rei fazia ao seu desempenho, pediu a lista do que necessitava, para desenvolver a siderurgia

Maciel terá falecido em março de 1804 ou 1805, aos 44 anos de idade, antes que chegassem os recursos, que pedira a Lisboa.

Em 21 de abril de 1955, nas comemorações, pelos cento e sessenta e três anos da morte de Tiradentes, o governo do estado de Minas Gerais inaugurou uma siderurgia em Saramenha, no lugar das minas, por ele descobertas em 1788, com um forno, com o seu nome, em sua homenagem.

Na cooperativa, foi marcada uma reunião, para ouvir as mulheres sobre os problemas com os partos

Todas falaram das suas experiências, e as que já tinha ajudado a resolver partos mais difíceis, prontificaram-se a ajudar, sempre que fosse necessário

O Januário já estava acamado há alguns dias, todos pressentiram que tinham chegado ao fim os seus dias

A Milene sentia a falta do avô, queria ir para o campo correr, subir às árvores, gastar a muita energia, que tinha, e era com ele que costumava ir.

 

 

Continua

 

 

09
Mai24

O Império

cheia

O Império  -  As teias que o Império teceu

 

59

A vitória de Correia de Sá, na reconquista de Luanda, em 15 de Agosto de 1648, deixou uma memória tão viva nos povos que, ainda, em 1812 se celebrava, em Luanda, uma festa de ação de graças, para lembrar o acontecimento

A Leopoldina, bem como a Rosinha, já há muito tempo que andavam preocupadas por não terem ninguém que as ajudasse, quando alguém ficava doente, a não ser os curandeiros, que resolviam tudo, evocando os espíritos, método em quem elas não acreditavam

Queriam criar um posto de socorros, com mezinhas, com tudo o que pudessem, para ajudar quem precisasse

Estavam preocupadas com a quantidade de mulheres, que morriam no parto, tinham de fazer qualquer coisa, para evitar que as jovens continuassem a morrer

Decidiram pedir que marcassem uma reunião das cooperantes, para saberem a opinião delas, saber o que é que elas sabiam, no sentido de contarem com as que pudessem ajudar, nos partos mais complicados    

       

 José Álvares Maciel foi um engenheiro e político brasileiro. Aos vinte e um anos de idade seguiu para Universidade de Coimbra, a fim de seguir o curso de Filosofia Natural, onde se destacou, foi encarregado por Domingos Vandelli, para realizar pesquisas mineralógicas, na serra da Estrela

Concluído o curso, seguiu para Inglaterra, para estudar as indústrias de Birminghan, nomeadamente as siderurgias e as manufaturas têxteis, tendo entrado em contato com as ideias do liberalismo e da maçonaria

Entre dezembro de 1787 e março de 1788 encontrou-se, na Universidade de Coimbra, com José Joaquim da Maia, que já se tinha avistado com Thomas Jefferson, embaixador dos Estádios Unidos da América, em França, de quem obtiveram uma promessa de apoio dos norte-americanos, para a independência de Minas Gerais

Em 1788, chegou ao Rio de Janeiro, encontrou-se com o Tiradentes e com o visconde de Barbacena, que tinha chegado ao Brasil, para assumir o posto de Governador da Capitania de Minas Gerais

O encontro foi providencial para os três: Tiradentes obteve as notícias, que aguardava sobre o apoio de potências estrangeiras; Barbacena reencontro o amigo mineralogista;  Maciel entrou em contato  com os revolucionários, dos quais recebeu o convite para residir no Palácio dos Governadores, em Vila Rica

Maciel mantinha os conspiradores a par das atividades do Governador, que o encarregou de prospeções mineralógicas em Sabará, Caeté, nos arredores de Vila Rica

Após esforços contrários ao próprio Governador, foi detido pela Devassa

Remetido para interrogatório, no Rio de Janeiro, onde foi condenado à morte, tendo a pena sido comutada em degredo perpétuo em Angola, para onde seguiu em 23 de Maio de 1792

Chegou a Luanda a 20 de Junho de 1792, com pneumonia e escorbuto, foi internado na enfermaria do Forte de São Francisco do Penedo.

 

Continua

 

 

02
Mai24

O Império

cheia

 

O Império  -  As teias que o Império teceu

 

58

Mais tarde ou mais cedo, quando os avós estão colhendo os doces frutos dos cabelos prateados, chega a hora de se irem embora

O Januário estava cada vez mais doente, constantemente com sazões, quase já não podia andar

Como toda a família, a neta andava muito triste, sentia a falta do avô, queria ir para as lavras, correr, saltar brincar. Mas faltava o avô, para a acompanhar

A avó bem tentava mantê-la ocupada, quando ela não queria ir para a creche, porque queria ficar ao pé do avô. Mas a sua vida tinha-se tornado num inferno, desde que o marido tinha ficado acamado

A Rosinha estava preocupada, tinha de falar com a filha e o genro, para arranjarem uma estratégia, que a fosse afastando do avô, para minimizar a dor, que sentiria, quando o avô  morresse

Todos estavam muito tristes, mas era inevitável, a vida do Januário estava por um fio, seria uma grande perda para todos. Tinha-se distinguido, por ser uma pessoa boa, amiga de toda a gente

A Milay esperava que o seu bebé nascesse a qualquer momento, parecia que queria nascer antes de o tio-avô partir, tem sido assim ao longo dos séculos: uns chegam, outros partem, umas vezes cruzam-se, outras não

A juventude da Leopoldina e sabedoria da Miquelina fez com que a cooperativa evoluísse: mais produção, melhores produtos, melhores condições de vida, para todos os cooperantes

Toda aquela máquina, bem oleada, fazia com que os clientes as elogiassem pelo valoroso trabalho, que desenvolviam em benefício de toda a comunidade

Todos os dias apareciam mais jovens e adultos a quererem ser sócios da cooperativa, e   isso era motivo de orgulho para todos

Eram todos bem-vindos, com plenos poderes, só às regras comunitárias tinham de obedecer

A Miquelina e o Ezequiel também iam ser avós, estavam muito felizes, passavam o tempo  a fazer planos como lidar com a  neta ou neto, tentavam adivinhar  qual seria o seu sexo

A futura avó afiançava que era uma menina, porque a Milay tinha uma barriga muito redondinha

O Ezequiel dizia que tanto fazia, era bom é que fosse saudável, fosse menino ou menina

Mas, a Miquelina sabia que ele preferia que fosse um rapaz, não queria que a sua preferência chegasse aos ouvidos do filho e da nora

Todas as mães, a pouco-e-pouco, decidiram deixar os filhos na creche, e isso fez com que aumentasse a produção

Nos seus rostos lia-se a sua felicidade, quando iam entregar as crianças e buscá-las, para irem para casa

Não choravam, corriam para os colegas, não queriam ir para casa, continuavam a brincar, tudo isto contribuía para que os pais se sentissem contentes, com o funcionamento da creche.

 

Continua

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2009
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2008
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2007
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub