Quarta-feira, 21 de Setembro de 2016

As mulheres do engenheiro

As mulheres do engenheiro

 

Às mulheres do engenheiro

Nunca lhes faltou dinheiro

As obras do parque escolar

Foram uma festa

E muito recreio

Com candeeiros de ouro

De muita aresta

Como é natural, a construção foi o principal:

Free-portes, TGV, aeroportos, autoestradas, barragens e sortes

Inaugurações com dezenas de autocarros, para mostrar, as ótimas construções

Foram de tal maneira os safanões

Que o País ficou na bancarrota: fome, miséria e morte

Para comemorar

Nada melhor, que em Paris, filosofar

Vai, agora, às mulheres explicar

Porque bem precisam, para a casa governar

A fórmula milagrosa e mágica

Que, em Paris, aprendeu

De, o dinheiro, inventar.

 

 

 

publicado por cheia às 06:14
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. As mulheres do engenheiro

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Trump o egoísta inconsequ...

. Pelo Port Vell até Drassa...

. Senhor Costa confunde o p...

. Preço da criatividade

. Mas Ela não Queria Atrave...

. Quando o CM, de repente, ...

. Estes pais que nos tramam

. o começo de um novo reina...

. Quando a Raridade é Norma...

. Raríssimas, não é caso ra...

blogs SAPO

.subscrever feeds