Terça-feira, 1 de Novembro de 2016

Serra da Estrela

Serra da Estrela

 

Perto das estrelas

Alta, bela, formosa, luxuriante

Áspera, dura, fresca e fria

Sinos, rebanhos, balidos

Sol, neve, nevoeiro, frio

Luar, estrelas, brilho

Pastores, cães, lobos

Mãe de rios e frios

Do Fundão à Torre

Patamares com as suas variedades

Queijos, frutas, com a cereja no topo

Cidades, vales e rios

Na sua Universidade

Jovens: todos, estrelas

Bebem conhecimentos

Para brilharem

Nos diversos céus

Um brilho fascinante

Para quem a visita

Mas, não tanto, para quem a habita

Nos pomares, seios perfumados

Nos olhos, límpidos, lagos

No Cabeço da Velha, cabelos brancos, curvados

Para o macio brilho frio da neve

A aconchegadora lareira

A fumegar acima da mais alta telha

Espelho frio no inverno

Quente no Estio

Uma das mais belas Serras de Portugal.

 

 

publicado por cheia às 19:52
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De HD a 2 de Novembro de 2016 às 18:35
Saudades de ir 'lá cima'!
Vai ser neste inverno :D


De cheia a 2 de Novembro de 2016 às 18:49
Vale a pena.Tem tanto para descobrir!


De HD a 2 de Novembro de 2016 às 18:59
Eu sei, antes ia sempre que caia a primeira neve *_*


De cheia a 2 de Novembro de 2016 às 19:16
Mesmo que não caia neve, é sempre um passeio alegre.


De HD a 2 de Novembro de 2016 às 22:03
Sim, a paisagem é única no nosso país :)


De cheia a 3 de Novembro de 2016 às 17:39
O nome diz tudo: Estrela estrelada, minha adorada namorada.


De HD a 3 de Novembro de 2016 às 20:36


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. O brilho da nação!

. Adeus

. Verso e reverso

. O que faço?

. Censurados!

. O Clima......

. Se o ridículo matasse ......

. Outono

. Infeções!

. Setembro

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. [LIVROS] | As Coisas Que ...

. O Órfão . Capítulo III

. Vaidades

. Já sentiram empatia hoje?

. "The handmaid´s tale": fi...

. Como nasce o amor....

. Os professores deram-me u...

. Há Festa no Panteão! E Ma...

. Oh inclemências indignada...

. Ruas...

blogs SAPO

.subscrever feeds