Sexta-feira, 9 de Setembro de 2016

O casamento

O casamento

É o único momento

Em que dois corações juram

Perante outros corações

Amar-se e respeitar-se

Nos bons e maus momentos. 

Se o sim

For um aceitação

Verdadeira e sentida

Isso guia-los-a

Para o resto da vida.

 

José Silva Costa

 

 

publicado por cheia às 20:53
link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De musiquinhas a 9 de Outubro de 2016 às 08:30
Casamento??!! Hoje em dia,já não existem homens que nos levem a casar,eu deixei de acreditar nos homens de hoje em dia,são todos uns inúteis!!


De cheia a 9 de Outubro de 2016 às 20:32
Que pessimismo! Todos inúteis? Ainda devem haver alguns que se aproveitem.


De musiquinhas a 9 de Outubro de 2016 às 20:36
Podes chamar-me pessimista,mas eu já não tenho paciência para procurar marido,pois acabo sempre por sofrer desilusões e ando farta disso!!


De cheia a 9 de Outubro de 2016 às 20:50
Não vale a pena desesperares. Vais ver, que um dia a tua vez vai chegar. Desejo que encontres quem te queira fazer feliz.


De musiquinhas a 9 de Outubro de 2016 às 21:02
Quem me dera a mim,o único problema é que já tenho trinta anos e a minha vontade de ser mãe é tanta e o homem certo nunca mais aparece,que desespero!!


De cheia a 9 de Outubro de 2016 às 21:51
Hoje, podem ser mães muito mais tarde. Não podes é forçar as coisas, a não ser que encontres alguém com tanta ou mais vontade do que tu.


De musiquinhas a 10 de Outubro de 2016 às 00:10
Muito obrigada pela tua força e pela tua boa disposição!! Pois,pois,eu sei disso!!


De cheia a 10 de Outubro de 2016 às 21:45
Pensamentos positivos, cara alegre e boa disposição são meio caminho andado.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Os últimos dias

. Nove anos!

. Não temos emenda!

. O Verão negro de 2017

. Uma flor

. A seca

. Quantos são?

. Almoços grátis!

. Verão

. A sala de visitas de Port...

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. os erros e a crítica grat...

. Até num hospital existe p...

. Joias

. Os funcionários da minha ...

. Entre o vale e a montanha

. A lei da bola.

. hoje estou assim

. O Sítio . Capítulo XIX

. a greve que não mais acab...

. Bancos de jardim.

blogs SAPO

.subscrever feeds