Quarta-feira, 17 de Maio de 2017

Mãe

Mãe

Mãe, que magia

Eterna melodia

Que me trouxe à luz do dia

E me acompanhará

Enquanto for dia

Mãe, meu encantamento

Espiritual alimento

Motivo do meu contentamento

Nos teus braços bebo o vento

Mãe, minha companhia

Em todas as horas

Tristes ou de alegria

Corremos juntos

Em sonhos de euforia

Mãe, tu nunca te cansas

Estás sempre pronta

Para as nossas andanças

Como se uma fada

Te desse as energias

Tão necessárias

Para me acompanhares

Nas minhas magias.

 

José Silva Costa

 

 

publicado por cheia às 06:22
link do post | comentar | favorito (2)
|
12 comentários:
De HD a 17 de Maio de 2017 às 21:58
Mãe, tu nunca te cansas
Estás sempre pronta
Para as nossas andanças

Como isto tem de ser reconhecido :)


De cheia a 18 de Maio de 2017 às 22:55
Sim. As mães pelos são capazes de ir buscar forças não se sabe aonde!


De HD a 18 de Maio de 2017 às 22:57
E ainda lhes sobram forças... para nos abraçar :)


De cheia a 18 de Maio de 2017 às 23:04
As forças delas, para os filhos, não têm limites!


De O ultimo fecha a porta a 17 de Maio de 2017 às 22:33
Bonita dedicatória!


De cheia a 18 de Maio de 2017 às 22:48
Dedicado a todas as mães.


De Chic'Ana a 18 de Maio de 2017 às 11:19
Tão bonito, uma bonita homenagem à mãe =)
beijinhos


De cheia a 18 de Maio de 2017 às 22:46
As mães merecem ser homenageadas todos os dias.


De mami a 18 de Maio de 2017 às 13:42
lindo


De cheia a 18 de Maio de 2017 às 22:43
Não tenho adjetivos para glorificar as mães.


De Melhor Amiga Procura-se a 19 de Maio de 2017 às 17:07
Adorei....


De cheia a 19 de Maio de 2017 às 22:06
Muito obrigado. As mães têm, no nosso coração, um lugar muito especial.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Almoços grátis!

. Verão

. A sala de visitas de Port...

. Verão

. Vidas queimadas

. Matar dois coelhos com um...

. Viver com 300€!

. Os terrorismos!

. Funcionários partidários

. Mãe

.arquivos

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Recursos (des)humanos

. Ora vamos lá falar das bo...

. Terra

. Feira Medieval Elvas 2017...

. Os sugar babies

. Ao Dr. liu Xiaobo...

. O que é a transdisciplina...

. Quando morreres levas o d...

. Educação - terceira nota

. Massinha de Polvo à Tanco...

blogs SAPO

.subscrever feeds