Segunda-feira, 29 de Fevereiro de 2016

As crianças

É um colorido de vidas: crianças alegres e risonhas, sem saberem o que as espera

Correm ao longo da barreira de arame

Parecem pássaros a quererem voar

Abrem os pequenos braços, como se fossem asas

Numa tentativa, de a fronteira, atravessar

Como não me posso emocionar?

Ao ver crianças indiferentes ao frio e à chuva

A pedirem para entrar

E, do outro lado um exército a ameaçar

Esta é a Europa: velha, medrosa, indiferente

Em que já não há gente

Todos somos roubos

Sem sensibilidade, nem sentimentos

Não! Não me habituo

Por mais que a televisão me massacre o juízo

Os dias, as noites, os minutos são um castigo

Acabem de vez com este espetáculo

Lembrem-se que poderiam ser os vossos filhos e netos

Sem um teto, sem pão nem água

Mas mais do que tudo

Sem esperança, que é o que nos mata.

 

 

 

publicado por cheia às 20:04
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. O brilho da nação!

. Adeus

. Verso e reverso

. O que faço?

. Censurados!

. O Clima......

. Se o ridículo matasse ......

. Outono

. Infeções!

. Setembro

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. [LIVROS] | As Coisas Que ...

. O Órfão . Capítulo III

. Vaidades

. Já sentiram empatia hoje?

. "The handmaid´s tale": fi...

. Como nasce o amor....

. Os professores deram-me u...

. Há Festa no Panteão! E Ma...

. Oh inclemências indignada...

. Ruas...

blogs SAPO

.subscrever feeds